sábado, fevereiro 3Notícias que importam
Shadow

Marinha do Brasil Anuncia Transferência do Submarino “Humaitá” para o Setor Operativo nesta sexta-feira

A Marinha do Brasil, através da sua Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico (DGDNTM), anunciou que o Submarino “Humaitá” (S41) está programado para ser transferido para o Setor Operativo da Força Naval nesta sexta-feira, 12 de janeiro. Este marco representa um avanço significativo no Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB) da Marinha.

O Submarino Humaitá, é o segundo de uma série de quatro submarinos com propulsão diesel-elétrica (S-BR), integra a moderna Classe “Riachuelo”. Após completar um extenso e rigoroso calendário de Testes de Aceitação no Porto e no Mar, a embarcação está pronta para iniciar seu ciclo operativo. Destinado a cumprir diversas missões, o Humaitá será vital para patrulhar as águas jurisdicionais brasileiras, incluindo a Amazônia Azul, e as áreas de importância estratégica para o Brasil no Atlântico Sul.

“A transferência do Submarino Humaitá para o Setor Operativo representa um avanço significativo no reforço da nossa capacidade de defesa, principalmente diante do momento complexo, em que a Marinha do Brasil enfrenta o desafio de manter suas capacidades operativas, contando com um orçamento muito longe do ideal para manutenção e obtenção de novos meios”, afirma nosso editor, Angelo Nicolaci.

A Cerimônia de Mostra de Armamento, tradicionalmente realizada para marcar a transferência oficial de um meio naval para o Setor Operativo da Marinha, está agendada para esta sexta-feira, dia 12 de janeiro, às 10h30, no Complexo Naval de Itaguaí (CNI), localizado no litoral Sul do estado do Rio de Janeiro. Este evento simboliza não apenas a entrega do submarino, mas também destaca o comprometimento da Marinha do Brasil com a modernização e fortalecimento de suas capacidades operacionais.

Enquanto o Submarino Humaitá se prepara para entrar em operação, as atividades relacionadas aos outros submarinos do PROSUB continuam avançando conforme planejadas. Os submarinos “Tonelero” (S42), “Angostura” (S43) e o Submarino Convencionalmente Armado com Propulsão Nuclear (SCPN) “Álvaro Alberto” estão progredindo em diferentes estágios de prontificação, reforçando ainda mais a presença e capacidade operativa da Marinha do Brasil.

com informações da Marinha do Brasil

1 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *