sábado, fevereiro 3Notícias que importam
Shadow

Sistema de Fabricação do Exército revitaliza Morteiros 120 mm

O Sistema de Fabricação do Exército, por meio de seus arsenais de guerra, concluiu a manutenção e recuperação de 16 morteiros 120mm da 2ª Região Militar, no estado de São Paulo. Entre os dias 13 e 17 de novembro, uma equipe de engenheiros e técnicos militares realizaram uma série de testes e correções para solucionar avarias e recuperar em 100% da capacidade todas as peças de artilharia.

A manutenção do material bélico foi conduzida no Arsenal de Guerra de São Paulo, que conta com infraestrutura moderna para a operação. A atividade também foi apoiada pelo Arsenal de Guerra do Rio, com emprego de maquinário e ferramental especializado para a recuperação dos morteiros. A oportunidade serviu, ainda, para a capacitação dos soldados especialistas em manutenção de armamentos.

blank

Por conta das explosões da munição e do desgaste natural pelo uso, os morteiros do Exército passam por meticulosas análises antes, durante e após a utilização, com vistas a preservar a integridade do material e a segurança da tropa. Quando há necessidade, os morteiros são enviados aos arsenais de guerra para inspeções mais severas e para a revitalização de seus componentes que sofrem maior desgaste.

Em linhas gerais, os armeiros e especialistas do Exército recuperaram as culatras, sistemas de atrelamento, mecanismos de nivelamento, aparelho de pontaria, dispositivos de elevação aproximada, entre outras peças e sistemas. Também foram adquiridos novos kits de ferramental que passam a acompanhar os morteiros.

No prazo de uma semana, os 16 morteiros foram recuperados e reencaminhados às suas unidades de origem, garantindo a capacidade operacional e combativa dessas organizações militares. A eficiência logística na identificação e pronta solução de avarias em materiais bélicos reforça o compromisso do Sistema de Fabricação do Exército de suprir os meios necessários para o estado de prontidão permanente em todas as regiões do Brasil.

blank

Por meio de seus arsenais de guerra e de sua cadeia logística, o Exército consegue posicionar materiais de defesa em perfeitas condições de uso nos pontos estratégicos do território, como nos batalhões de costa e de fronteira, combatendo atividades ilícitas e garantindo a soberania nacional.

Fonte: Arsenal de Guerra do Rio, por Ten Luiz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *