segunda-feira, junho 3Notícias que importam
Shadow

Reunião do Comitê de Cooperação Conjunto Brasil-França para Submarinos acontece pela primeira vez em São Paulo

Após 27 edições, sempre revezando entre as cidades de Paris e Rio de Janeiro, a Marinha do Brasil, por meio da Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha (DGDNTM), realizou, pela primeira vez em São Paulo, no dia 9 de novembro, a 28ª Reunião do Comitê de Cooperação Conjunto Brasil-França para Submarinos (CCCBF). O objetivo do evento foi mensurar e apresentar os avanços na Construção dos Submarinos Classe Riachuelo, bem como, a evolução do projeto na obtenção e futura fabricação do Submarino Convencionalmente Armado com Propulsão Nuclear (SCPN). Ainda, a reunião marca a continuidade de uma parceria estratégica na busca pelo aprimoramento da capacidade tecnológica e de inovação em prol das nações brasileira e francesa.

Na abertura, o Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha (DGDNTM) e Copresidente do Comitê, Almirante de Esquadra Petronio Augusto Siqueira de Aguiar, ressaltou o privilégio de receber a todos em São Paulo, onde encontra-se a nova sede da DGDNTM além de importantes centros de produção de alta tecnologia da América Latina. O Almirante Petronio também reforçou a importância da continuidade dessa exitosa Parceria Estratégica.

“Este evento marca a continuidade de uma parceria estratégica entre o Brasil e a França que, em 2023, completou 15 anos. O PROSUB é um Programa de Estado, um dos maiores do País. Além disso, o Brasil tem vocação para o uso e desenvolvimento da tecnologia nuclear em todos os setores, não só no setor de defesa, mas no de saúde, de segurança alimentar, de segurança hídrica. É, portanto, uma vertente que precisamos continuar desenvolvendo porque tem, inclusive, a capacidade de fomentar prosperidade e inúmeros benefícios para nossa sociedade”, ressaltou o Almirante Petronio. 

A 28ª reunião aconteceu no Salão nobre do Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo e contou com a participação de representantes dos Ministérios da Defesa, das Relações Exteriores, da Economia, do Planejamento e Orçamento, assim como da Advocacia-Geral da União, além de representantes franceses da Direção-Geral do Armamento, do Ministério da Europa e dos Assuntos Estrangeiros e da Marinha Nacional Francesa. Também participaram da reunião integrantes da AMAZUL, Novonor, CBS, Naval Group, ICN e Atech.

1 O CCCBF foi criado em decorrência do Acordo assinado em 23 de dezembro de 2008 entre os Governos do Brasil e da França, e tem como propósito supervisionar a adequada execução das cooperações definidas no Acordo, manter a atualização sobre o progresso dos contratos subsequentes, pesquisar e implementar soluções apropriadas em face de eventuais óbices na cooperação, apresentar a prestação de contas de seus trabalhos a cada semestre e, sobretudo, contribuir para fortalecer os laços de amizade e parceria estratégica entre as duas nações.

Fonte Marinha do Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *