segunda-feira, maio 27Notícias que importam
Shadow

Ministro da Defesa debate parcerias com a França durante a Paris Air Show

O Ministro da Defesa, José Mucio Monteiro, participou, na quinta-feira (22), da 54º edição da Paris Air Show 2023, em Paris, na França. No evento, Mucio reuniu-se com o Ministro da Defesa da França, Sébastien Lecornu, para debater oportunidades de parcerias no setor de defesa e os atuais projetos em curso entre os dois países. A feira, considerada o maior evento mundial voltado para a indústria aeroespacial, teve início no dia 19, e ocorre até 25 de junho.

No encontro, os Ministros José Mucio e Sébastien trataram, entre outros assuntos, do desenvolvimento do Programa de Submarinos (PROSUB), projeto estratégico da Marinha do Brasil e resultado de uma parceria com a França que prevê transferência de tecnologia.

Criado em 2008, o programa prevê a construção de quatro submarinos de propulsão diesel-elétrica e do primeiro submarino brasileiro com propulsão nuclear, além da construção de um complexo de infraestrutura industrial, que engloba os estaleiros, a Base Naval e a Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas (UFEM), em Itaguaí, no Rio de Janeiro.

O Riachuelo, o primeiro submarino de propulsão diesel-elétrica, já entrou em operação. O segundo, o Humaitá, tem previsão para começar a operar em 2023. Até a sua conclusão, o Programa deve gerar 60 mil empregos diretos e indiretos.

Mercado externo

blank

Além de projetar a imagem do país no cenário internacional, a participação brasileira no evento fomenta a expansão de exportações de produtos e serviços desenvolvidos no Brasil, conforme explica o Secretário de Produtos de Defesa, do MD, Rui Chagas Mesquita. “O Paris Air Show atrai centenas de empresas expositoras e milhares de visitantes das mais diversas regiões do planeta. É um ambiente extremamente oportuno para cumprirmos uma das nossas principais atribuições que é promover a BID brasileira no exterior, o que tem grande potencial para gerar desenvolvimento tecnológico, econômico e social para o Brasil”, disse.

A Base Industrial de Defesa representa cerca de 5% do PIB brasileiro e gera 2,9 milhões de empregos diretos e indiretos.

Por Rayane Bueno

Ministério da Defesa

2 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *