quarta-feira, junho 5Notícias que importam
Shadow

Médicos da Marinha iniciam atendimentos em hospital de campanha

Iniciaram, nesta sexta-feira (24), os atendimentos médicos prestados pelos profissionais de saúde da Marinha do Brasil (MB) à população do litoral Norte de São Paulo, que foi atingida por um temporal no último final de semana. A missão “Abrigo pelo Mar” tem o objetivo de reforçar o apoio por meio de um Hospital de Campanha (HCamp) que funcionará dentro do Navio-Aeródromo Multipropósito “Atlântico”, o maior navio da MB, que está atracado no Porto da cidade de São Sebastião; e outro, montado pelo Grupamento Operativo dos Fuzileiros Navais de Apoio à Defesa Civil (ApDefCiv), no bairro de Juquehy.

blank

O Grupamento Operativo dos Fuzileiros Navais de Apoio à Defesa Civil é composto por militares da saúde, engenharia, logística, comunicação, infantaria e operações especiais, além de integrantes com ampla experiência em situações de catástrofes naturais e acionamentos humanitários, já tendo sido empregado em missões de paz no Haiti e no Líbano. Ao todo, são 180 fuzileiros; 18 viaturas (incluindo 7 caminhões, 4 viaturas com tração 4×4, 2 ambulâncias, 2 retroescavadeiras e 1 viatura do tipo Bobcat); material hospitalar e medicamentos.

blank

A definição das localidades de instalação dos hospitais de campanha foi resultado de um mapeamento feito pela Marinha junto a autoridades do Governo Federal, Secretaria Estadual de Saúde, Defesa Civil do Estado e demais órgãos envolvidos. “Esse mapeamento foi feito para avaliarmos o melhor emprego e a otimização das capacidades trazidas a bordo do nosso navio. Estamos apoiando, com equipes móveis compostas por médicos e psicólogos, os desabrigados alojados em escolas e igrejas. Além disso, os nossos militares do Grupamento de Fuzileiros Navais estão auxiliando, também, o Corpo de Bombeiros na desobstrução de vias secundárias e na busca por desaparecidos, inclusive com cão farejador”, destaca o Comandante da 1ª Divisão da Esquadra, Almirante Marcelo Menezes Cardoso, Comandante do Grupo-Tarefa.

Trinta leitos do HCamp já chegaram à região prontos, a bordo do navio “Atlântico”, montados ainda durante a sua travessia do Rio de Janeiro até o porto de São Sebastião. O HCamp estará aberto ao público, diariamente, das 8h às 18h. O hospital, que é de responsabilidade da Unidade Médica Expedicionária da Marinha, tem estrutura com Consultório Médico (Clínico Geral), Consultório Pediátrico, um leito de Serviço de Estabilização do Paciente e seis leitos de enfermaria e curativos.

blank

Segundo o Diretor da Unidade Médica Expedicionária da Marinha, Capitão de Fragata médico Carlos Gustavo Fávre Drumond, a estrutura montada pela Marinha fornece, no primeiro momento, um atendimento básico. “Serão oferecidos módulos de atendimento médico ambulatorial, odontológico e sala de curativos. Conforme a demanda, a proposta é ir aumentando esses atendimentos”, ressalta.

Simeia Flor Macedo, de 46 anos, mãe de um filho que necessita de cuidados específicos, foi ao HCamp em busca de uma receita médica. “Eu não tenho como ir ao médico dele por causa da situação da área de risco em que estamos. Estou sem luz, sem água, vivendo em uma situação muito triste, mas graças a Deus temos esse apoio e as doações que estão fazendo. Esse atendimento do Hospital de Campanha está ótimo, não posso reclamar de nada”, afirma

Fonte Marinha do Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *