sábado, fevereiro 3Notícias que importam
Shadow

Marinha do Brasil Conclui com Êxito Quatro Novos Cursos Voltados para Missões de Paz da ONU

O último mês de dezembro foi palco da conclusão de quatro cursos inéditos promovidos pelo Centro de Operações de Paz de Caráter Naval (COpPazNav) da Marinha do Brasil (MB), marcando um marco significativo para as capacidades operacionais e humanitárias da instituição.

Os dois cursos mais destacados entre os quatro são o Curso de Batalhão de Infantaria das Nações Unidas (UNIBAT) e o Curso de Pelotão de Engajamento das Nações Unidas (UNEP). Ambos representam uma iniciativa pioneira no país e reforçam a preparação das tropas brasileiras para potenciais participações em missões de paz da Organização das Nações Unidas (ONU).

O UNIBAT, com uma duração de três semanas, concentra-se na preparação de oficiais das Forças Armadas para desempenhar funções-chave em unidades de infantaria durante missões de paz da ONU. O curso abrange desde o Core Pre-Deployment Training Materials (CPTM), um módulo fundamental para operações de paz, até o Specialized Training Materials (STM), fornecendo conhecimentos específicos essenciais para o desdobramento de unidades de infantaria nesse contexto.

A iniciativa do COpPazNav visa manter e aprimorar as capacidades do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) no âmbito do Sistema de Prontidão de Capacidades em Operações de Paz das Nações Unidas (UNPCRS). Atualmente, o CFN destaca-se como o único no mundo com uma Força de Reação Rápida (QRF) qualificada no mais alto nível do UNPCRS.

Já o Curso de Pelotão de Engajamento das Nações Unidas (UNEP), concluído no início de dezembro, tem como objetivo proporcionar ferramentas aos militares para estabelecerem conexões efetivas com a população civil do país anfitrião. Com metade de sua composição formada por mulheres, o pelotão busca promover um diálogo contínuo com as entidades locais, contribuindo para uma maior consciência situacional durante as operações.

A inclusão desses cursos no portfólio do COpPazNav em 2023 reflete o compromisso da Marinha do Brasil em contribuir para a manutenção da paz e segurança em regiões instáveis do planeta, onde a ONU realiza missões de paz.

Além dos cursos de infantaria e engajamento, o COpPazNav incorporou os cursos de Observador Militar das Nações Unidas (UNMOC) e de Oficial de Estado-Maior das Nações Unidas (UNSOC) em seu portfólio. Essas iniciativas visam aumentar a capacidade de formação de oficiais e contribuir para a estabilidade em áreas onde a ONU está presente.

O Capitão de Fragata (Fuzileiro Naval) Tarick Turidu da Silva Nunes Taets, encarregado do COpPazNav, revelou planos para o próximo ano, incluindo a adição do Curso de Cobertura Jornalística em Área de Combate em março. Ele enfatiza que a diversificação dos cursos demonstra o dinamismo e a capacidade profissional do Centro.

Ao concluir, o Comandante Taets destaca que o ano de 2023 foi especial, marcado pelos novos desafios enfrentados pelo COpPazNav e pela reafirmação do compromisso do Corpo de Fuzileiros Navais em alinhar-se às agendas das Nações Unidas e atender às demandas operativas da Marinha.

 

BrasilDefesa

com informações Agência Marinha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *