terça-feira, junho 4Notícias que importam
Shadow

Ilha Fiscal reabre para visitação pública no próximo sábado, 8 de julho.

A histórica Ilha Fiscal, localizada na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, está pronta para receber, novamente, os visitantes. Após um ano e meio fechada para obras de recuperação estrutural, conservação e restauração, a Marinha do Brasil (MB) reabre as portas do local neste sábado (08). Entre as novidades, estão: o retorno da exposição “Ilha Fiscal: um neogótico em terras tropicais” e a inclusão, no circuito expositivo permanente, da Galeota D. João VI, a embarcação mais antiga preservada no Brasil, usada pela Família Real.

blank

A atração estará aberta de quarta a domingo, com passeios nos horários de 12h45, 14h15 e 15h30. Os ingressos poderão ser adquiridos antecipadamente pelo site ou na bilheteria do Espaço Cultural da Marinha (ECM), localizado na Orla Conde (Boulevard Olímpico), s/nº, Praça XV, Centro do Rio. O ECM funciona de terça a domingo, das 11h às 17h.

O ingresso para Ilha Fiscal dá direito a visitar as atrações do Espaço Cultural da Marinha, como cortesia. Este centro cultural conta com uma área expositiva de cerca de 1,1 mil metros quadrados. Instalado nas antigas docas da Alfândega, sobre uma área aterrada na segunda metade do século XIX, o espaço foi inaugurado em 1996. No ECM, é possível visitar: o caça de interceptação e ataque AF-1 Skyhawk; os carros de combate Kürassier e Cascavel; o Contratorpedeiro Museu “Bauru”; o Helicóptero Museu Sea King; a Nau dos Descobrimentos; e o Submarino Museu “Riachuelo”. De lá, saem os passeios para a Ilha Fiscal.

Ilha Fiscal

 Construída a pedido do Imperador Dom Pedro II, no final do século XIX, para ser posto alfandegário do Porto do Rio de Janeiro, a Ilha Fiscal dispões de uma arquitetura em estilo neogótico provençal e arte em cantaria. A ilha também é famosa por ter sido palco do “Último Baile do Império”, que ocorreu seis dias antes da Proclamação da República, em 1889.

Transferida para a MB pelo Ministério da Fazenda, em 1913, atualmente a Ilha Fiscal faz parte do Complexo Cultural mantido pela Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha. Com uma média de 40 mil visitantes anuais, conforme dados anteriores à pandemia, o local é uma das principais atrações turísticas da capital carioca.

Serviço – reabertura da Ilha Fiscal

 Dia: 08/07/2023.

 Horários dos passeios: 12h45, 14h15 e 15h30.

Local de embarque: Espaço Cultural da Marinha – Orla Conde (Boulevard Olímpico), s/n, Praça XV, Centro – Rio de Janeiro, RJ.

 Ingressos CLIQUE AQUI

Fonte Marinha do Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *