terça-feira, junho 4Notícias que importam
Shadow

Guerreiros de Selva: Exército Forma 71 Novos Guerreiros Prontos para os Desafios da Amazônia Brasileira!

No transcurso deste mês, o emblemático Centro de Instrução de Guerra na Selva comemorou a formação de uma nova turma de 71 destemidos Guerreiros de Selva. Ao longo de quase seis décadas de história, esse venerável estabelecimento viu mais de sete mil destemidos combatentes serem moldados pela expertise e dedicação de seus instrutores. A última safra de graduandos do Curso de Operações na Selva é a mais recente contribuição para a tradição inigualável deste centro de treinamento militar.

blank

O Curso de Operações na Selva, considerado uma jornada de iniciação em três fases cruciais, começa com a fase denominada “Vida na Selva”. Neste estágio, os alunos aprendem as técnicas de sobrevivência na vastidão da Floresta Amazônica, fazendo uso dos recursos que a natureza oferece. A segunda fase, denominada “Técnicas Especiais”, é uma vertente mais técnica, onde os alunos são instruídos em disciplinas que incluem tiro, orientação, manipulação de explosivos, demolições e até mesmo a operar com apoio de aeronaves, entre outras habilidades críticas. Por fim, na terceira fase, denominada “Operações”, os alunos aplicam de maneira prática todo o conhecimento adquirido, liderando, comandando ou participando em missões operacionais nas profundezas da selva.

blank blank blank

A jornada de formação desses militares no Curso de Operações na Selva incute neles competências vitais, tais como a arte de sobreviver, a habilidade de navegar nos rios sinuosos, a destreza em orientação, o domínio das táticas de combate e a capacidade de liderar em cenários hostis. Estes graduandos emergem como Guerreiros de Selva verdadeiramente especializados. A Guerra na Selva é simbolizada pela majestosa onça, um animal que personifica as habilidades de emboscada, inquietação e cerco do inimigo, sempre utilizando o elemento surpresa a seu favor.

blank

O Tenente-Coronel Santiago, Chefe da Divisão de Ensino do Centro de Instrução de Guerra na Selva, expressou sua imensa satisfação em liderar o processo de formação desses novos Guerreiros de Selva. Agora, esses guerreiros retornam às suas organizações militares, preparados para aplicar os conhecimentos meticulosamente adquiridos ao longo das intensas doze semanas de treinamento. Ele explicou que essa formação rigorosa equipa esses militares com as habilidades necessárias para enfrentar os desafios únicos das operações na selva, que são cruciais para a defesa, segurança e desenvolvimento das áreas remotas da vasta Floresta Amazônica.

blank

A solenidade de conclusão do curso, que reuniu militares e autoridades, serviu como um símbolo da união e do espírito de corpo que caracterizaram a jornada desses alunos, particularmente durante os momentos mais desafiadores de sua especialização. Neste evento memorável, eles foram homenageados e reconhecidos por seu compromisso e determinação em se tornar os mais novos Guerreiros de Selva, prontos para enfrentar os rigores e as demandas da selva e contribuir para a missão de defesa e segurança de nossa nação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *