segunda-feira, maio 27Notícias que importam
Shadow

Forças Armadas apresentarão projetos estratégicos na LAAD 2023

Entre os dias 11 e 14 de abril, as Forças Armadas participarão da 13ª edição da LAAD Defence & Security, no Rio de Janeiro. A feira, considerada a maior e a mais importante da América Latina, é um ambiente propício para relações comerciais e iniciativas de cooperação. O papel do Ministério da Defesa (MD) é promover a Base Industrial de Defesa (BID) brasileira, com foco no aparelhamento das Forças Armadas para garantia da soberania nacional, e contribuir para o desenvolvimento do País. Atualmente, o setor de Defesa e Segurança responde por cerca de 5% do PIB (Produto Interno Bruto) e emprega 2,9 milhões de pessoas.

O Secretário de Produtos de Defesa da Pasta, Rui Chagas Mesquita, destaca os reflexos positivos na promoção da BID: “Uma indústria de defesa forte tem elevado potencial para impulsionar o desenvolvimento econômico e social do País, pois contribui para a redução da dependência tecnológica externa, amplia as exportações, aumenta o consumo interno e ajuda na retenção de talentos”.

Durante os quatro dias, a Marinha, o Exército e a Aeronáutica exibirão 31 projetos estratégicos fundamentais para assegurar a capacidade de Defesa no cumprimento de suas missões constitucionais. Cada Força contará com um espaço dedicado para apresentação de seus projetos, que proporcionam as capacidades necessárias para vigilância, controle e defesa do território, das águas jurisdicionais e dos espaços aéreo e exterior brasileiros, além de contribuir no combate ao desmatamento e a crimes transfronteiriços, na promoção de ações humanitárias e em apoio à Defesa Civil, entre outras iniciativas.

blank

Marinha – A Força Naval mostrará ao público viaturas, aeronaves e submarinos. Algumas atrações prenunciam o futuro, como as maquetes da Fragata Classe Tamandaré (navios versáteis de alto poder combatente para defesa da Amazônia Azul; no auge da produção, deve gerar oito mil empregos diretos e indiretos) e do Submarino “Álvaro Alberto”, o primeiro convencionalmente armado com propulsão nuclear. A tecnologia nuclear desenvolvida deverá gerar ainda mais benefícios indiretos, como a dessalinização de água, a irradiação de alimentos e a produção de radiofármacos.

Exército – A Força Terestre exibirá viaturas e radares. Os blindados Guarani sobressaem, com capacidade anfíbia e de operação noturna, além de autonomia de 800 Km e possibilidade de transportar até 11 militares. Outros destaques são a Viatura Lançadora Múltipla Universal ASTROS, para lançamento de mísseis e foguetes de alta tecnologia que podem atingir alvos até 300 km; e os radares “SABER M60”, que detectam alvos aéreos para as defesas de artilharia antiaérea e são empregados em ações de vigilância.

blank

Aeronáutica – Já a Força Aérea apresentará aeronaves e sistemas espaciais. Por meio de totem digital, os interessados poderão conhecer o F-39 Gripen, mais novo caça de defesa aérea do País; o KC-390 Millennium, maior avião militar desenvolvido e fabricado no Hemisfério Sul; e o Programa Estratégico de Sistemas Espaciais (PESE). O programa inclui estações terrestres de controle, recepção e processamento de dados que fornecem serviços de observação terrestre, telecomunicações, mapeamento de informações, posicionamento e monitoramento do espaço, entre outros recursos.

blank

Estande da Defesa – Com 100 m2, o estande do MD, no pavilhão 2, contará com salas para reuniões, área de exposição temática (projetos estratégicos do MD e das Forças Armadas), projeções de vídeos com produtos de defesa e totens interativos sobre o trabalho com a BID.

Produtos de Defesa – A Secretaria de Produtos de Defesa (SEPROD) da Pasta atua na prospecção de novos mercados e na promoção comercial brasileira, apoia o desenvolvimento de novas tecnologias, credencia empresas, cadastra produtos e autoriza exportações. Também atua no cenário econômico, a fim de apoiar o desenvolvimento e a sustentabilidade da base industrial. Atualmente, o banco de dados da SEPROD registra 1.130 empresas cadastradas como atuantes no parque industrial de defesa.

A LAAD 2023 ocorre desde 1997 e reúne, além das Forças Armadas, empresas brasileiras e internacionais especializadas no fornecimento de equipamentos e serviços “multiclientes” – forças armadas, forças especiais, forças de segurança e agências governamentais, entre outros atores. A programação também inclui exposições sobre segurança, congressos e seminários com todo tipo de informação e novidades do setor. A participação do MD na LAAD 2023 resulta de parceria com a empresa organizadora do evento, decorrente de um acordo de cooperação. O acesso do público ocorre mediante credenciamento.

Fonte Ministério da Defesa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *