segunda-feira, junho 3Notícias que importam
Shadow

Exércitos do Brasil e dos EUA iniciam projeto de munição de morteiro 120 mm

Entre os dias 13 e 17 de novembro, equipes técnicas do Exército Brasileiro (EB) e do Exército dos Estados Unidos da América (U.S. Army) se reuniram presencialmente para o início das atividades executivas do Acordo de Projeto PA-A-23-0001, que se destina à pesquisa & desenvolvimento de tecnologias que capacitem a uma futura produção de munições de morteiro 120 mm de alcance estendido.

Este projeto, primeira iniciativa dessa natureza dos EUA com alguma força armada de países da América Latina, prevê o desenvolvimento de uma nova munição modernizada, com tecnologias inovativas como formulações energéticas de baixa sensibilidade para propelentes e explosivos, novos conceitos de geometria do corpo da granada para melhoramentos de performance de balística externa, novos conceitos de motor de propulsão adicional e de tubeiras de exaustão, dentre outras concepções, com objetivos de serem obtidos maiores alcances operacionais, menores custos de produção futura e, sobretudo, capacidades de interoperabilidade entre os usuários.

Durante a semana, integrantes do Centro Tecnológico do Exército (CTEx), do Instituto Militar de Engenharia (IME), do Centro de Avaliações do Exército (CAEx), do Arsenal de Guerra do Rio (AGR) e da Indústria de Material Bélico (IMBEL), pelo EB, e do Comando de Desenvolvimento de Capacidades de Combate – Centro de Armamentos (DEVCOM-AC) do U.S. Army deram início a debates de planejamento dos 4 anos iniciais de projeto, com delineamento de tarefas sob suas responsabilidades individuais e as conjuntas.

O evento contou com as participações do General de Divisão Armando Morado Ferreira, Chefe de EPDI/DCT; do General de Brigada Alexandre Martins Castilho, Chefe do CTEx; do Sr Chris Grassano, Diretor do DEVCOM AC; e do Sr Anthony SebastoVice Diretor do DEVCOM-AC.

Em destaque, os Oficiais Gerentes de projeto de cada nação amiga assinaram o plano inicial de gestão das ações técnicas (“PROJECT MANAGEMENT PLAN-PMP”), Coronel Guilherme Pinto Guimarães (CTEx) e Sr Samuel Perez (DEVCOM AC).

Fonte: Centro Tecnológico do Exército

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *