terça-feira, junho 4Notícias que importam
Shadow

EXÉRCITO APREENDE MAIS DE R$ 1 MILHÃO EM MATERIAIS RELACIONADOS A CRIMES NA FRONTEIRA

O Exército Brasileiro apreendeu mais de R$ 1 milhão de reais em materiais usados em crimes na faixa de fronteira em mais uma fase da Operação Ágata. Realizada entre os dias 20 e 25 de março, em cinco municípios do estado de Mato Grosso, a ação de fiscalização e combate a crimes na fronteira brasileira foi conduzida pela 13ª Brigada de Infantaria Motorizada em parceria com diversos órgãos de segurança pública e de fiscalização da esfera federal e estadual.

A atual fase, denominada Ágata Jauru I, vistoriou mais de 2.400 veículos e resultou em apreensões de madeira ilegal, veículos e diversos equipamentos, maquinários e insumos ligados a atividades criminais que somaram um prejuízo total de mais de R$ 1 milhão aos infratores. O Comando de Fronteira Jauru/66º Batalhão de Infantaria Motorizado, reforçado por tropas do 44º e 58º Batalhões de Infantaria Motorizados e do 18º Grupo de Artilharia de Campanha, atuou de forma avançada, realizando operações de bloqueio e controle de estradas, desintrusão de garimpo, patrulhamentos fluviais, motorizados e a pé.

 

As ações foram realizadas de forma conjunta com agentes da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, do Grupo Especial de Fronteira, da Polícia Ambiental, da Polícia Civil, do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso, da Fundação Nacional dos Povos Indígenas e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais.

blank

Operação Ágata

Realizada pelo Exército Brasileiro em parceria com órgãos de fiscalização e de segurança estaduais e federais, a Operação Ágata é uma iniciativa que busca coibir crimes por toda a faixa de fronteira brasileira. Anteriormente, foi realizada a fase Ágata Guaicurus I, que percorreu as regiões fronteiriças do estado de Mato Grosso do Sul e mobilizou unidades subordinadas à 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada do Exército.

 

Fonte Exército Brasileiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *