terça-feira, junho 4Notícias que importam
Shadow

Esclarecimentos sobre o acidente envolvendo o UH-15 em Formosa

É com grande tristeza que noticiamos a queda de uma aeronave UH-15 Super Cougar (N-7106), operado pelo 2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-2 “pegasus”) no final da manhã desta terça-feira (8), vitimando dois militares do Corpo de Fuzileiros Navais, deixando outros seis hospitalizados.

De pronto toda uma estrutura de apoio foi mobilizada, dando uma pronta resposta ao acidente, prestando socorro aos 14 militares que estavam a bordo da aeronave no momento do acidente. A Unidade Médica Expedicionária da Marinha, aqui presente, demonstrou em situação real sua funcionalidade e capacidade médica, realizando os primeiros socorros e estabilização das vítimas. Em decorrência do quadro clínico, dois militares foram encaminhados ao Hospital das Forças Armadas por uma aeronave HM-1 Pantera que fazia parte dos meios mobilizados para o exercício de adestramento conjunto, e outros quatro foram removidos para o Hospital Regional de Formosa, onde estão recebendo os cuidados exigidos pelo seu quadro clínico.

Segundo a nota oficial emitida pela Marinha do Brasil, uma Comissão de Investigação de Acidente Aeronáutico iniciou os procedimentos para apurar as causas e circunstâncias do ocorrido.

Ainda é muito cedo para apontar as causas do ocorrido, e em respeito as vítimas e seus familiares, nós vamos nos abster de emitir qualquer suposição, diferente de outros sites e mídias sensacionalistas, que tem veiculado informações falsas e sem qualquer conhecimento real do cenário em que ocorreu o fatídico fato.

A Marinha do Brasil está prestando todo o apoio aos militares e familiares envolvidos.

Lembrando que nosso editor, Angelo Nicolaci, esta em campo, acompanhando de perto este que é um dos maiores exercícios militares do Brasil, garantindo a você leitor, informações precisas e sem sensacionalismo, atuando como um canal sério e profissional, o qual compreende a gravidade do ocorrido, mantendo os princípios do bom jornalismo e o respeito aos envolvidos.

Em resposta as fake news que vem tomando as redes sociais sobre o acidente, não há qualquer veracidade nas narrativas que alegam que a aeronave foi atingida por um míssil ou algo do tipo. É de extremo mau gosto e falta de caráter e respeito para com as vítimas e seus familiares, este tipo de atitude.

Nós REPUDIAMOS o rumo tomado por sites e canais irresponsáveis e sensacionalistas que propagam FAKE NEWS, visando obter lucro em cima do sofrimento dos envolvidos e seus familiares.

Seguimos em campo, afim de manter um trabalho sério e comprometido com os valores do bom jornalismo.

Estendemos nossas condolências e orações as vítimas e seus familiares, rogando que Deus vos envie o consolador.

ADSUMUS!!!

1 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *