quarta-feira, junho 5Notícias que importam
Shadow

Almirante Olsen assume Comando da Marinha

Na última quinta-feira (5), ocorreu no Clube Naval de Brasília, a cerimônia de Passagem de Comando da Marinha do Brasil, presidida pelo Ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, o Almirante de Esquadra Marcos Sampaio Olsen, oficialmente toma posse como Comandante da Marinha.

A cerimônia que foi marcada pela ausência de seu antecessor, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, o qual transferiu o cargo administrativamente no último dia 31 de dezembro. Apesar de sua ausência, o ex-Comandante da Marinha enviou um áudio, que foi reproduzido saudando o novo Comandante da Marinha.

O Alte Esq.(CM) Marcos Sampaio Olsen, destacou em seu discurso os desafios que a Marinha do Brasil tem pela frente, disse estar “convicto da magnitude da responsabilidade e complexidade dos desafios que se impõem”.

Durante o evento, o Ministro da Defesa,  José Múcio Monteiro, foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito Naval.

Estiveram presentes várias autoridades civis e militares, dentre elas o ex-Comandante do Exército Gen.Ex Eduardo Villas Bôas.

 

O Novo Comandante da Marinha

O Almirante Olsen foi promovido ao posto de Contra-Almirante em 25 de novembro de 2011. Ocupou, como Oficial General, os cargos a seguir: Diretor do Pessoal Civil da Marinha; Comandante da Força de Submarinos; Assessor do Comandante de Operações Navais; Chefe do Estado-Maior do Comando de Operações Navais; Diretor de Hidrografia e Navegação; Diretor de Obras Civis da Marinha; Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha e Comandante de Operações Navais.

Ao longo da carreira, comandou o Navio-Varredor “Atalaia” e o Submarino “Tapajó”. Foi Imediato do Submarino “Tamoio” e do Navio-Aeródromo “São Paulo”. Atuou como assessor parlamentar e representou o Brasil na Junta Interamericana de Defesa (EUA), além de ter exercido a Chefia de Gabinete da Diretoria-Geral do Pessoal da Marinha (DGPM).

Possui o Curso de Aperfeiçoamento de Submarinos para Oficiais, o Curso de Estado-Maior para Oficiais Superiores (CEMOS), pela Escola de Guerra Naval (EGN), o Curso de Pós-graduação em Ciências Políticas na Universidade de Brasília, o “Advanced Course in Hemispheric Defense and Security” – Colégio Interamericano de Defesa, instituição vinculada à Organização dos Estados Americanos (OEA), em Washington D.C. (EUA) e o Mestrado em Defesa e Segurança Hemisférica – Universidade Del Salvador (ARG).

Egresso do Colégio Militar de Fortaleza (1978), o Almirante de Esquadra Olsen ingressou na Marinha do Brasil em 1979, tendo sido declarado Guarda-Marinha em 14 de dezembro de 1982, ao concluir o Ciclo Escolar da Escola Naval.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *