terça-feira, junho 4Notícias que importam
Shadow

CECMA TRANSPORTA TONELADAS DE MATERIAIS PARA OBRAS NA REGIÃO DE FRONTEIRA

Na manhã de 18 de março, desatracou do Centro de Embarcações do Comando Militar da Amazônia um módulo logístico com destino a Estirão do Equador (AM), com o objetivo de transportar insumos para as obras de implantação de via de trafegabilidade do 4º Pelotão Especial de Fronteira. Ao todo, 1.925 toneladas de materiais percorrerão cerca de 2.100 km por via fluvial. Trata-se de uma missão de grande vulto, com distância percorrida e tonelagem transportada inéditas no âmbito do Exército Brasileiro.

As embarcações partiram de Manaus em direção a Benjamin Constant (AM), perfazendo um trecho de 1.600 km pelo rio Solimões. Depois, seguirão mais 500 km pelo rio Javarí até Estirão do Equador (AM). Ao todo, serão navegados 2.100 km subindo os rios da Amazônia Ocidental, em uma viagem prevista para 54 dias. Na quinta-feira, dia 23, partirá de Manaus uma segunda leva partirá de Manaus transportando mais insumos para a obra.

blank

Os materiais transportados serão essenciais para as obras do 6° Batalhão de Engenharia de Construção, que tem o objetivo estratégico a otimizar as missões logísticas e de combate para a manutenção da soberania nacional na faixa de fronteira. Os materiais serão utilizados pelo 2º Grupamento de Engenharia, que coordena as obras de implantação de via de trafegabilidade do 4º Pelotão Especial de Fronteira em Estirão do Equador (AM).

O módulo logístico de transporte é composto pelo empurrador Piquiatuba II, do 8° Batalhão de Engenharia de Construção, e pelas balças JMS Carvalho e Camorime. Este é o primeiro dos dois módulos logísticos previstos para navegarem até a região. Ao término da missão, o total de insumos a serem transportados serão cerca de 3.600 toneladas.

blank

Participaram do briefing e da partida da tripulação o Comandante da 12ª Região Militar, General de Divisão Carlos André Alcântara Leite, acompanhado do Comandante do 2º Grupamento de Engenharia, General de Brigada Ivan Alexandre Corrêa Silva, e do Comandante do Centro de Embarcações do Comando Militar da Amazônia, Tenente-Coronel Charles Davidson Soares Bitencourt.

 

Fonte Exército Brasileiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *