segunda-feira, maio 27Notícias que importam
Shadow

CCOPAB CAPACITA MAIS 41 MILITARES PARA MISSÕES INDIVIDUAIS

O Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), instituição vinculada ao Ministério da Defesa e subordinada ao Exército Brasileiro, encerrou nesta semana o primeiro Estágio de Preparação para Missões de Paz (EPMP), realizado em Brasília. A atividade capacitou 41 militares da Marinha do Brasil e da Força Aérea Brasileira para desempenhar funções de oficiais de estado-maior e de observadores militares, desdobrados em missões de paz individuais da Organização das Nações Unidas (ONU). Ao longo de duas semanas, os estagiários participaram de oficinas teóricas no Quartel-General do Exército e de atividades práticas na área do 32° Grupo de Artilharia de Campanha (32 GAC).

blank

Na última semana, o estágio incluiu treinamentos físicos, instruções de mediação e negociação, instruções de procedimentos de relatório e outras atividades. Na quarta-feira, 30, foi realizado o Dia Verde, que contou com a realização de oficinas e demonstrações de exercícios de evacuação aeromédica e de negociação e mediação. As exibições foram acompanhadas pelo Comandante de Operações Terrestres, General de Exército Teophilo; pelo Chefe de Operações Conjuntas do Ministério da Defesa, General de Exército José Eduardo; pelo Diretor de Educação Técnica Militar, General de Divisão Alvarenga; pelo Chefe de Missões de Paz, Aviação e Inspetor Geral da Polícias Militares, General de Brigada Alexandre; e por adidos militares de 11 países.

blank

O Comandante do CCOPAB, Coronel Vaz, ressaltou o ineditismo do estágio realizado em Brasília. “O EPMP é um estágio que ocorre de forma regular no CCOPAB duas vezes por ano, no nosso Centro, no Rio de Janeiro. Neste ano, além das duas edições, recebemos a missão de conduzir uma edição de forma expedita e pioneira para 41 militares da Marinha e da FAB, uma demanda extra de capacitação oriunda do Ministério da Defesa”, explicou. O Comandante destacou ainda que o estágio é um pré-requisito para que militares possam participar de missões de paz. “O Brasil hoje tem 85 militares e policiais desdobrados em missões de paz da ONU. Com esse estágio, estamos capacitando mais 41 militares para que sejam designados a cumprir essas missões”.

blank

Militares em missões de paz

As funções de Observador Militar e de Oficial de Estado-Maior da Organização das Nações Unidas (ONU) envolvem atividades essenciais para o constante monitoramento do cumprimento das resoluções do Conselho de Segurança da ONU e para o planejamento e assessoramento das atividades de coordenação das Missões de Paz. Em consonância com o fomento à participação de mulheres em Missões de Paz pela pelas Nações Unidas, a turma formada no EPMP realizado em Brasília conta com 14% do seu efetivo composto por mulheres militares.

blank

Fonte Exército Brasileiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *