sábado, fevereiro 3Notícias que importam
Shadow

Brasil Garante Destaque Internacional ao Permanecer no Conselho da IMO para o Biênio 2024-2025

Em uma expressiva demonstração de sua relevância no cenário internacional, o Brasil conquistou a terceira posição no seleto grupo dos 10 maiores países com interesses no comércio marítimo internacional, ao garantir sua permanência no Conselho da Organização Marítima Internacional (IMO). O feito foi alcançado com uma expressiva votação de 154 votos no dia 1º de dezembro, consolidando a melhor pontuação e classificação já obtidas pelo país nesse importante órgão.

A eleição bienal, que envolve os 175 Estados-Membros da IMO, destacou o Brasil como o terceiro colocado em todas as categorias, superando nações desenvolvidas e reforçando sua posição de destaque no cenário global. A vitória assegura ao Brasil sua continuidade como membro integral do Conselho da IMO na categoria B, reservada aos 10 maiores países com interesses no comércio marítimo internacional.

Essa conquista reflete não apenas o êxito na votação, mas também o trabalho dedicado e a integração eficaz da Representação Permanente do Brasil junto à IMO. O engajamento estratégico da Marinha do Brasil e suas estruturas organizacionais na área marítima foram fundamentais, demonstrando uma participação ativa na defesa dos interesses brasileiros e na projeção positiva da imagem do país dentro da Organização. O apoio diplomático do Ministério das Relações Exteriores foi essencial para a divulgação e a campanha da candidatura.

O Brasil mantém sua posição como Estado-Membro da IMO há seis décadas, desde 1963, contribuindo de forma ininterrupta para promover, juntamente com os demais membros, um transporte marítimo seguro, eficiente e sustentável. A participação do Brasil também se destaca na prevenção e controle da poluição marinha causada por navios.

Sede da IMO em Londres, no Reino Unido, a organização completou 65 anos de atividades em 2023. Atualmente, conta com 175 Estados-Membros, 3 Estados Associados, 66 Organizações Intergovernamentais com status de observadores e 88 Organizações Não-Governamentais com status de caráter consultivo. A Assembleia Geral de 2023 elegeu os 40 Estados-Membros que comporão o Conselho IMO para o próximo biênio, destacando a importância contínua do Brasil no cenário marítimo internacional.

 

BrasilDefesa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *