sábado, fevereiro 3Notícias que importam
Shadow

Centro de Operações de Paz reforça o compromisso com capacitação de mulheres militares

No início de dezembro, o Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) concluiu o Estágio Setorial de Preparação Específica de Militares do Segmento Feminino para Operações de Paz (EPESFOP). Capacitação que exigiu das mulheres militares, de forma prática, controle emocional e resistência à fadiga em situações de operações de paz, o Estágio firmou o compromisso do Centro com a consolidação da participação feminina em missões de paz e segurança internacionais. 

O estágio complementou os conhecimentos de 16 mulheres, dentre militares do Exército Brasileiro e das Polícias Militares dos Estados do Rio Grande do Sul e de Tocantins. Segundo do CCOPAB, o EPESFOP foi criado com o objetivo de viabilizar o aumento da participação feminina nas missões de paz, em consonância com uma série de resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas, no contexto da Agenda “Mulheres, Paz e Segurança” e da “Uniformed Gender Parity Strategy”. O papel das mulheres na paz e segurança internacionais foi um dos temas prioritários apresentados pelo Brasil ao assumir a presidência do Conselho de Segurança das Nações Unidas em outubro de 2023, evidenciando a importância e a atualidade da capacitação.

blank

CCOPAB

Vinculado diretamente ao Ministério da Defesa e subordinado ao Exército Brasileiro, o Centro Conjunto de Operações de Paz (CCOPAB), sediado no Rio de Janeiro, tem a missão de apoiar a preparação de militares, policiais e civis brasileiros e de nações amigas para missões de paz e desminagem humanitária, sendo uma das referências internacionais no preparo de recursos humanos para essas atividades. 

blank

Entre os cursos e estágios ofertados pelo Centro, figuram o Estágio de Preparação para Missão de Paz (EPMP), voltado para militares e policiais exercerem funções de oficiais de Estado-Maior,  observadores militares e policiais das Nações Unidas; Estágio de Coordenação Civil-Militar, voltado para funções relacionadas ao Sistema de Assuntos Civis da Organização das Nações Unidas (ONU); Estágio de Preparação de Jornalistas e Assessores de Imprensa para atuar em Áreas de Conflito (EPJAIAC), que capacita profissionais de comunicação em procedimentos de segurança pessoal e em relacionamento com forças militares e demais organizações atuantes em áreas operacionais.

blank

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *