terça-feira, junho 4Notícias que importam
Shadow

112 ANOS DE NASCIMENTO DO SARGENTO MAX WOLF FILHO HERÓI DA FORÇA EXPEDICIONÁRIA BRASILEIRA

O Exército Brasileiro celebra, neste 29 de julho, os 112 anos de nascimento de um dos maiores símbolos de heroísmo da Força Terrestre: o Sargento Max Wolf Filho. Reconhecido como exemplo de bravura, disciplina e competência o militar da Força Expedicionária Brasileira (FEB) deu a vida pelo seu país na Segunda Guerra Mundial.

O Sargento Max Wolf Filho nasceu em Rio Negro, Paraná, no ano de 1911. Membro de uma família simples, foi auxiliar na torrefação de café de seu pai e escriturário numa companhia que explorava a navegação do Rio Iguaçu, antes de ingressar na vida militar. Prestou serviço militar inicial no então 15° Batalhão de Caçadores, em Curitiba-PR, e, depois, integrou a Polícia Militar do Rio de Janeiro.

2ª Guerra Mundial

Aos 33 anos, voluntário e incorporado ao 11º Regimento de Infantaria (11ºRI), seguiu para a Itália em outubro de 1944, onde se destacou em diversas atuações de remuniciamento e resgate de feridos. Em inúmeras oportunidades, o Sargento Max Wolf voluntariou-se para o comando de patrulhas, que, infiltradas nas linhas defensivas inimigas, realizavam reconhecimentos, faziam prisioneiros ou resgatavam feridos, demonstrando qualidades que o consagraram como o “Rei dos Patrulheiros”.

blank

No dia 12 de abril de 1945, durante arriscada missão de sua patrulha de reconhecimento, nas proximidades de Maserno, o Sargento Max Wolf foi mortalmente ferido por um ataque alemão de tiros de metralhadora. Poucos dias depois, em 17 de abril de 1945, a cidade de Montese, nas proximidades do local da morte de Max Wolf, seria tomada na maior operação bélica desencadeada por um regimento da Força Expedicionária Brasileira.

blank

reconhecimento

por decreto do governo, ainda em 1945, max wolf foi promovido postumamente ao posto de segundo-tenente. o seu heroísmo foi reconhecido com as medalhas de campanha, sangue do brasil, medalha americana bronze star e a cruz de combate de 1ª classe. diante das diversas demonstrações de valores essenciais aos sargentos, a escola de sargentos das armas passou a ser denominada escola sargento max wolf filho, conforme portaria 229, de 23 de abril de 2007. a partir de 2019, os alunos do 2º ano dos cursos de formação e graduação de sargentos do exército passaram a receber uma réplica do sabre do sargento max wolf filho.

Fonte Exército Brasileiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *