segunda-feira, maio 27Notícias que importam
Shadow

COMPAAz representa o Brasil na 18ª Reunião Anual de Especialistas da Comunidade V-RMTC & T-RMN

  1. Debatendo Consciência Situacional Marítima (CSM) e compartilhamento de informações como forma de soluções voltadas para segurança marítima, foi realizada em Roma, Itália, entre os dias 29 de novembro a 1º de dezembro, a 18ª Reunião Anual de Especialistas da Comunidade conhecida como Virtual Regional Maritime Traffic Centre & Trans Regional Maritime Network (V-RMTC & T-RMN, da sigla em inglês para Centro Virtual Regional de Tráfego Marítimo e Rede Trans-Regional Marítima).

A comunidade V-RMTC & T-RMN reúne 35 países-membros que cooperam em compartilhamento de informações visando ao incremento da CSM e segurança marítima, compondo uma rede virtual que conecta os Centros de Operações Marítimas dos participantes, das quais a Marinha do Brasil, ao lado de Itália, Índia e Singapura compõe lideranças técnicas.

O Comandante do Centro de Operações Marítimas (COpMar), Capitão de Mar e Guerra João Batista Barbosa, representou a liderança técnica da Marinha do Brasil e realizou apresentações, abordando a criação do Comando de Operações Marítimas e Proteção da Amazônia Azul (COMPAAz), suas tarefas e experiências no incremento da CSM e motivações para o estabelecimento de um Centro de Operações Marítimas, seus sistemas de monitoramento, bem como principais resultados no trabalho interagência, fruto da atividade da nova organização militar.

Na mesma oportunidade, foi apresentado o trabalho exercido pelo COMPAAz, por meio do COpMar em seu papel como Centro de Dados Regional do sistema Long-Range Identification and Tracking of Ships (LRIT), arquitetura do sistema e o serviço inerente oferecido a outros países por meio da Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON), seus benefícios e custos envolvidos. Também foi apresentado o Console de Imagens Táticas de Realidade Aumentada (CITRA), sistema de tecnologia inovadora desenvolvido pelo Centro de Análises de Sistemas Navais (CASNAV), elogiado pelos presentes, gerando interesse e perguntas relacionadas a suas principais funcionalidades que envolvem o conceito da aplicação da realidade aumentada e interface com os demais sistemas de monitoramento.

O encontro anual de especialistas reuniu 24 participantes membros das Marinhas da Albânia, Argentina, Bélgica, Brasil, Bulgária, Camarões, Chile, Croácia, Chipre, Equador, Eslovênia, Espanha, França, Geórgia, Gana, Grécia, Índia, Israel, Itália, Malta, Montenegro, Reino Unido, Romênia e Singapura, além de observadores de Omã, Somália e Togo, contando com a participação especial do Professor Christian Bueger, titular de Relações Internacionais da Universidade de Copenhagen e especialista em segurança marítima.

As interações ocorridas, durante a 18ª Reunião Anual de Especialistas, na abordagem dos assuntos e debates relacionados à CSM, como facilitador essencial no estabelecimento da segurança marítima, traduz a rede V-RMTC & T-RMN como um dos mais importantes mecanismos de cooperação e compartilhamento de informações, tendo como propósito aperfeiçoar os aspectos técnicos e aprimorar os sistemas de intercâmbio de dados sobre o Tráfego Marítimo entre membros, verificando os ajustes necessários que possam ajudar a melhorar as redes de comunicação e estreitar cada vez mais os laços de amizade entre as Marinhas.

Fonte Marinha do Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *